1999

No início do ano de 1999, enquanto todos se preocupavam com o tal do "bug" do milênio, existia uma grande preocupação nas indústrias que era fechar uma lacuna que existia entre a venda do pedido e a entrada do produto no estoque depois de fabricado. Precisava-se  medir os custos de mão de obra baseados nos tempos reais de fabricação utilizados pelo chão de fábrica. Essa informação era coletada através do preenchimento de formulários pelos operadores o que não era muito confiável. Assim resolveu-se desenvolver um sistema contando com profissionais da área industrial que com suas necessidades faltantes em outros sistema da época, ajudaram nesse desenvolvimento. Nasceu o sistema Caprind específico para industrias. Com intuito de atender as indústrias da transformação com alguns recursos que faltavam em outros sistemas como, cadastro de processos industriais, cadastro de matéria prima, emissão de ordem de produção, e principalmente o apontamento de produção no chão de fábrica.

2001

Pensava-se em integrar o sistema em outros sistemas maiores, mas na época só se contava com sistemas MRP estrangeiros, e isso se tornou um grande problema, pois precisavam ser feitos alguns cadastros duas vezes para que se conseguisse obter os resultados desejados. Depois de dois longos anos, finalmente era lançado uma nova versão do Caprind agora com mais alguns importantes módulos conforme sugerido pelos nossos clientes. Todos os módulos foram desenvolvidos com ajuda dos usuários do sistema, o que tornou-o muito prático. Com isso ganhou-se agilidade no desenvolvimento. Telas com recursos intuitivos, ambiente gráfico, tudo em Windows©. Com módulos totalmente integrados, todas as informações inseridas na proposta comercial (orçamento) seguiam para o pedido interno, que alimentava a carteira de produção, que era gerenciada pelo módulo de Pcp. Assim que o usuário gerava a "ordem de produção", o sistema gerava uma requisição do material aplicado. Era o início do MRP I. Mas ainda havia um longo caminho pela frente.

2006

Sempre pensando em parceria com nossos clientes, após muitas as solicitações, foi implementado o recurso do código de barras no apontamento de produção, e no relatório da ordem de produção. Com isso também foi colocado o recurso da coleta com leitor de código de barras. Esse recurso trouxe mais agilidade para o apontamento de produção feito pelo operador de máquinas. Conforme os dados eram coletados e analisados, foram se mostrando uma importantíssima ferramenta de analise para o gerenciamento de produção. Retornando dados como PRODUTIVIDADE, EFICIÊNCIA, CUSTO REAL DE MÃO DE OBRA, INDÍCE DE NÃO CONFORMIDADE NO CHÃO DE FÁBRICA, a ferramenta se tornou indispensável na produção. Assim se tornou possível trabalhar na análise de dados reais da produção com informações coletadas de forma ONLINE em tempo integral. Agora estava mais tranquilo fazer a análise dos operadores que produziam de forma satisfatória, separando dos que apresentavam índices baixos de produtividade.

2010

Com a chegada de novos clientes com estruturas maiores, e consequentemente com um numero elevado de usuários, tornou-se necessário um banco de dados mais robusto e relacional, pois até então era utilizado o Access© da Microsot©. Optou-se pelo SQL Server© também da Microsoft© para assim continuar na plataforma Windows©. Essa migração demandou muito esforço tanto por parte de nossos desenvolvedores, quanto da parte dos nosso clientes. Por ser um grande desafio inovador, a equipe da Caprind sistemas se empenhou em migrar toda a base de clientes de forma a não criar nenhum tipo de transtorno. Foi feito um planejamento minucioso, e gradativamente migrou-se todas as bases em atividade na época com o menor impacto possível. Com um motor de busca mais robusto o SQL Server© se tornou definitivo e assim no final do ano de 2010 foi finalizado todo o porjeto de migração dos bancos de dados dos clientes.

2011

Seguindo uma busca pela melhoria contínua, o sistema transformou-se finalmente em um verdadeiro ERP - MRP - CRM. Agora com recursos de cadastro de estrutura do produto com até oito níveis, tornou-se possível atender empresas fabricantes de máquinas, e acessórios automotivos. A emissão de ordens agora requisitava o componente, matéria prima, ou insumo, fazendo o empenho no estoque, e assim gerando todas as necessidades de compras. Com a parceria de empresas de consultoria de gestão do sistema da qualidade (ISO 9001) foram acrescentados novos recursos para a gestão da ISO através do sistema Caprind® como CONTROLE DE DOCUMENTOS E DADOS, GESTÃO DE AÇÕES CORRETIVAS, GERENCIAMENTO DE RNC´S. De novo por exigência dos clientes, foi implementado a NFe (Nota fiscal eletrônica) sempre buscando integração única. Agora com a nota fiscal eletrônica, liberamos o recurso de emissão de boleto bancário para qualquer banco.

2015

Com novos recursos, e totalmente estável, resolvemos lançar a versão 4.5 já com algumas mudanças no layout remetendo para a versão 5.0 que deverá ser lançada no ano de 2017. Sempre buscando parceria com nossos clientes, o Caprind é utilizado nos mais diversos segmentos com total satisfação. Por sua simplicidade na disposição de suas telas e sua interatividade com o usuário, é sem dúvida um dos melhores no quesito custo-benefício. Na versão 5.0, já deverá ser totalmente WEB o que tornará sua utilização muito mais acessível de qualquer parte do mundo, ou de qualquer dispositivo. Totalmente desenvolvido com ferramentas Microsoft® tanto a interface gráfica como o banco de dados utilizado (SQL Server®) Tornam o sistema robusto e confiável. COMPLETO ! COMPACTO! ESPECÍFICO!